FONASC-CBH MT É SIGNATÁRIO DE OFÍCIO DA ECOA ENTREGUE AO GOVERNADOR DO MT

FONASC-CBH MT É SIGNATÁRIO DE OFÍCIO DA ECOA ENTREGUE AO GOVERNADOR DO MT

Texto: ASCOM FONASC com informações de ECOA

Data: 22/06/2021

O FONASC-CBH assinou ofício da ECOA junto a outras entidades nacionais e internacionais, entre sociedade civil e movimentos sociais tais como Rede Pantanal, Coalizão pela Proteção Permanente de Rios no Brasil, Humedales Sin Fronteras e Observatorio Pantanal para solicitar ao governador do estado a não aprovação de represas no rio Cuiabá.

O ofício chegou ao governador do Mato Grosso Mauro Mendes através do do deputado estadual Wilson Santos, vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e presidente da Comissão de Constituição e Justiça.

Seis Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) estão previstas para serem instaladas ao longo do rio Cuiabá, zona vermelha, segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), ou seja, zona de grande impacto ambiental para toda a Bacia do Alto rio Paraguai (BAP). São elas: Angatu I, Angatu II, Iratambé I, Iratambé II, Guapira II, e Perudá, previstas para serem instaladas no estado de Mato Grosso, nos municípios de Nobres, Rosário Oeste, Jangada, Acorizal, Várzea Grande e Cuiabá.

No ofício está escrito que a Ecoa e outras organizações entendem que a construção das represas contribuirá para a perda de capacidade dos peixes migradores se reproduzirem, acarretando prejuízos ambientais, econômicos e sociais.

Leia ofício na íntegra aqui.

blogs

Vídeo

RECENTES