Participação do FONASC.CBH (MA) na Reunião Ordinária do CONPEB destaca Compromisso com a Gestão Sustentável dos Recursos Naturais no Parque Estadual do Bacanga

De acordo com o Instituto Socioambiental, o Parque Estadual do Bacanga desempenha um papel fundamental na Ilha de São Luís, pois representa um dos raros fragmentos florestais da mata pré-amazônica ainda conservados, contribuindo significativamente para a preservação de extensas áreas verdes e mananciais na região. Imagem: Instituto Socioambiental

No dia 19 de janeiro de 2024, o Conselho Consultivo do Parque Estadual do Bacanga (CONPEB) realizou sua primeira Reunião Ordinária do ano, conforme as disposições da Lei Estadual n° 9.413 de 13 de julho de 2011 e da Portaria SEMA n° 152, de 02 de outubro de 2020, que instituiu o referido conselho. O encontro aconteceu no auditório do Prédio Sede da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) às 14:30 horas.

Com uma pauta abrangente, a reunião contemplou três pontos principais: prioridades para o ano de 2024, plano de ação para o mesmo período e assuntos gerais. Dentre os participantes, destacou-se a presença de Laís Morais Rêgo, Superintendente de Biodiversidade e Áreas Protegidas da SEMA, que saudou os presentes e reiterou o compromisso de cooperação com o CONPEB, desejando êxito nas ações planejadas para o ano.

Entre as deliberações, ficou definido o encaminhamento das atas de 2023 e listas de presenças aos conselheiros para correções, a elaboração do calendário de reuniões e a revisão do plano de ação. Um destaque importante foi a atribuição dada à conselheira Edilea Dutra para a elaboração de um documento referente à Recomendação do CONPEB, enfatizando a importância da área do Recanto Verde, a ser encaminhado ao Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural (INCID).

Além disso, foram discutidas sugestões relacionadas ao Plano de Educação Ambiental do Parque do Bacanga. A conselheira Thereza Christina propôs uma possível parceria com o jornalista Douglas Martins, apresentador do quadro “Chame o Douglas” no JM TV – 1ª Edição, visando divulgar à população a relevância do Parque do Bacanga, especialmente no que se refere ao seu papel na recarga dos aquíferos para São Luís e para as futuras gerações.

Posteriormente, o conselheiro Carlos e a conselheira Thereza Christina destacaram a necessidade de pautar uma sentença proferida pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos, apontando que a presidência do CONPEB deveria adotar as medidas necessárias para esclarecer o tema em questão.

A reunião evidenciou o compromisso do CONPEB em trabalhar de forma colaborativa para a preservação e gestão responsável do Parque Estadual do Bacanga, ressaltando a importância do envolvimento de diversos setores da sociedade na proteção desse importante patrimônio ambiental.

A próxima reunião do CONPEB está programada para abril de 2024, conforme estabelecido pelo Regimento Interno. É fundamental destacar a importância da previsão de datas, pois isso permite que os conselheiros se organizem com antecedência para participar dos encontros. Aguardamos a divulgação do calendário completo de reuniões para o ano de 2024.