FONASC.CBH PARTICIPA DE EVENTO E DEFENDE A ÁGUA COMO USO SOCIAL DE BEM PÚBLICO

Texto: Ascom Fonasc.CBH
Data: 31/01/2019

O Fórum Nacional da Sociedade Civil nos Comitês de Bacias Hidrográficas (Fonasc.CBH) está participando desde ontem, dia 30 e hoje, dia 31 da II Semana do Engenheiro Ambiental, evento realizado no Centro Sebrae de Sustentabilidade em Cuiabá-MT.

O evento tem como tema central a crise hídrica e o aproveitamento das águas e está oferecendo aos participantes minicursos, palestras, além de visitas técnicas. A ação é uma promoção da Associação dos Engenheiros Ambientais de Mato GrossoAEAM-MT

 Durante a programação, o Fonasc-CBH, através da engenheira Lediane Oliveira, falou da importância da água e seus usos múltiplos, de como defender o acesso à água como direito fundamental, lutando pelo valor social, como bem público e fator de desenvolvimento da democracia participativa Brasileira, através da articulação, mobilização social, capacitação política e qualificação de cidadãos e suas organizações.

 De acordo com Lediane, esse bem natural a qual todos tem direto, pode ser acessada conforme os princípios do desenvolvimento sustentável, para a garantia da qualidade das gerações futuras e a vida, fundamentalmente preservando seu valor social. As lutas são constantes e alguns dos objetivos envolvem o fortalecimento da cidadania através da constante e alguns dos objetivos envolvem o fortalecimento da cidadania através da captação mobilização e articulações de organizações na gestão de rios e águas públicas, defesa de mananciais e nascentes, criações de leis e normas que protegem as águas, e denúncias contra o mal gerenciamento das águas.

  “O intuito deste evento é de capacitar profissionais e estudantes para atender as necessidades do mercado de trabalho. Por meio de debates, mini-cursos e palestras com especialistas em assuntos inerentes ao mercado de trabalho do Engenheiro Ambiental e profissional da área ambiental, espera-se a troca de conhecimentos e a capacitação de profissionais da engenharia e estudantes. Também queremos propor a integração entre profissionais e estudantes, a fim de estimular a troca de experiências e a construção de uma rede de relacionamentos”, resume a presidente da AEAM-MT, Kamila Barros.