INFORMATIVO FONASC ESPECIAL – REGINALDO MELO

 

 

INFORMATIVO ESPECIAL

29 de março de 2016


Visite nosso site
REGINALDO MELO ATUAVA COMO MEMBRO DO FONASC DENTRO DO CBH DO RIO IPOJUCA-PE
HOMENAGEM

Hoje, dia 29 de março, faz um mês que este guerreiro partiu. Entretanto, ele não nos deixou só saudades, Reginaldo nos deu um legado de vida. Acreditando na força da sociedade organizada e politizada, Reginaldo foi um grande combatente na preservação de rios e do meio ambiente no Estado de Pernambuco. Ao nosso mestre, toda a nossa luta e determinação, ao homem, cujo exemplo de honradez e compromisso por uma sociedade mais justa e sustentável, prestamos esta homenagem!

 




Cidadão Hídrico

Biografia

Reginaldo Melo nasceu no dia 30 de junho de 1947, em Palmares-PE. Começou o contato com lideranças políticas aos 17 anos, quando conheceu Miguel Arraes e Bruno Maranhão. Foi aluno de Paulo Freire e atuou ao lado de líderes como Gregório Bezerra e Cajá. Melo vivenciou intensamente o período do Regime Militar, contrapondo-se ao sistema autoritário e lutando em prol da democracia. Ele era professor graduado em Educação Física e Ciências Sociais, especialista em Sociologia e Psicologia Aplicada às Relações Humanas. Além da militância política, Reginaldo Melo também se dedicou à literatura de cordel, à cultura e ao Meio Ambiente. Foi um dos fundadores da Academia Caruaruense de Literatura de Cordel (ACLC) e como ambientalista, foi vice-presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema) e representante do Fonasc.CBH em Pernambuco. Era casado com Maria José, foi pai de quatro filhos (Flávia, Roger, Fabiano, Fabiana e Reginaldo Jr.). Ele fazia questão de dizer que era um “cristão nascido de novo” e suas atitudes refletiam sempre em justiça e bondade.

Cordel

“Viajo pelo nordeste

do sertão até o mar

não consigo entender

e fico a me perguntar,

por que tanta beleza

junto a tanta riqueza

Uma terra que dá cacau,

dá café e algodão
muita cana de açúcar
grande produção de grãos,
vejo com muita tristeza
que é grande a pobreza
do litoral ao sertão.
Tem a bolsa “família”,
as cestas de emergência,
o analfabetismo,
a compra de consciência,
reverter à situação
só com boa educação…”
Fonasc
Dentro do Fórum Nacional da Sociedade Civil nos Comitês de Bacias Hidrograficas – Fonasc.CBH – Reginaldo Melo deixou um grande legado. Foi um dos diretores da entidade e depois tornou-se membro atuante dentro do CBH do Rio Ipojuca, onde representou com muita determinação os anseios da sociedade.
Reginaldo esteve em São Luís-MA, quando de uma Audiência Pública realizada em 2005, na Assembleia Legislativa e anos mais tarde, retornou à ilha para celebrar os 10 anos do Fonasc.CBH. Ainda como representante do Fórum, por diversas vezes, Reginaldo foi à Brasília para participar das reuniões de Câmaras Técnicas do Conselho Nacional de Recursos Hídricos. Ele participou ativamente de cada encontro e deixou colaborações de grande valor. Ele foi bastante atuante dentro do Fórum de Suape, um espaço sócioambiental para discussão, debate e promoção da justiça ambiental em Pernambuco. Era em espaços como estes que Reginaldo trazia a sua experiência e colaboração para a sustentabilidade do meio ambiente e uso racional dos recursos hídricos.

Twitter

 

YouTube

 

Facebook

 

Website

 

Flickr

 

YouTube

 

Website

 

Google Plus

Ver este email no navegador
Você recebeu esse email por causa da sua relação com Fonasc.CBH. Por favor,
reconfirme aqui o seu interesse em receber os nossos e-mails, ou, caso não queira mais recebê-los,
remova a sua inscrição aqui.
Essa mensagem foi enviada para edsonaraujo@al.ma.gov.br por contato@fonasc-cbh.org.brfonasc.maranhao@yahoo.com.br
Remover Inscrição de todas as listas de envio
Remover Inscrição |
Ver inscrição |
Reencaminhar Email |
Relatar Abuso

 

 

blogs

Vídeo

RECENTES