FONASC.CBH – DF – REPRESENTANTES DE MOVIMENTOS POPULARES PROTOCOLAM DOCUMENTO DO PROJETO VIDA E ÁGUA PARA ARIS NO PALÁCIO DO BURITI


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No último dia 25 de junho, pesquisadores da UnB juntamente com Movimentos Sociais, se organizaram para transmitir, por meio de plataforma digital, a entrega do Abaixo Assinado, que conta com a integração de mais de 100 entidades, dentro destas, o Fonasc.CBH. O documento de “Fundamentação para Água nas ARIS – Áreas de Relevante Interesse Social no DF”, também foi entregue durante a transmissão da live. E assim, a reivindicação foi recebida para as autoridades do Distrito Federal e também para representantes dos três poderes (Legislativo, Executivo e Judiciário) do DF.

A live teve a presença da Professora Olgamir Amancia (Decana da Extensão da UnB), que participou da live representando a reitora da Universidade (Marcia Abrahão Moura) e também do Professor da UnB e atual Presidente do Comitê de Bacia dos Afluentes do Rio Paranaíba do DF, Ricardo Minoti. Além da presença do Engenheiro Adalto Santos, durante a transmissão, também houve a participação de deputados distratais como Erika Kokay e Chico Vigilante (PT-DF) e de representantes dos movimentos sociais.

Para ler mais sobre o assunto, clique aqui.

A ação continuou por meio dos Movimentos Populares, que nesta quinta, 02, protocolou o documento no Palácio do Buriti, no Distrito Federal. O documento destaca seis pontos importantes:

  1. Reconhecimento por parte do GDF ao Direito à Água, para as famílias que estão morando em Lotes de Emergência Sanitária, sem água por parte da CAESB (Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal – Sindágua).
  2. Ligar imediatamente a água e suspender cortes dessas famílias.
  3. Inserir Lotes de Emergência Sanitária nas políticas setoriais de saúde e socioassistencial.
  4. Adotar por parte do GDF a criação da Sala de Situação Específica para as 39 ARIS do DF.
  5. Testar todas as famílias deste local, em situação de vulnerável.
  6. Controle Social para efetivação dos direitos sociais nas ARIS mediante ao reconhecimento do GDF com a coordenação da participação dos movimentos populares nos encaminhamentos sob a responsabilidade da UnB por meio do Projeto Vida & Água para ARIS.
Veja mais: INFORME DF

blogs

Vídeo

RECENTES