Como será o mundo pós pandemia? Pesquisadora da UnB aposta em novos valores para humanidade

Um mês após a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar a pandemia de Covid-19, os países ainda estão aprendendo a lidar com regras de isolamento social, com o crescimento exponencial de casos do novocoronavírus e os impactos econômicos e sociais da doença.

No Brasil, aulas foram suspensas, comércios estão fechados e as famílias de baixa renda serão atendidas por benefícios emergenciais do governo. Do outro lado, até quem passava longe do status de vulnerabilidade social se viu em busca de alternativas para contornar a crise.

Em meio ao desamparo e aos aprendizados de como lidar com a situação, cientistas sociais fazem análises de como os efeitos da disseminação do vírus afetam a vida em sociedade e apostam em perspectivas futuras de como será o mundo pós-pandemia.

A pedido do G1, a professora da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB), Débora Diniz, de 50 anos, traçou um panorama da humanidade em um futuro próximo. Para a pesquisadora, o momento é de “melancolia e intenso sofrimento”, mas com perspectivas positivas e baseadas em valores humanitários, como cuidado e solidariedade.

“Essa experiência compartilhada do desemparo vai lançar o que estou chamando de valores feministas, mesmo que não nomeemos assim”, disse.

“O que vai haver depois da pandemia é a emergência de valores como solidariedade, o reconhecimento de que nossos privilégios são ‘imerecidos’ [...], de que somos interdependentes e que valores privados não podem reger a vida pública.”

Professora da UnB é considerada um dos 100 pensadores globais por revista americana

Na análise, Débora – que em 2016 foi considerada pela revista norte-americana “Foreign Policy” um dos 100 pensadores globais, pelo trabalho sobre as grávidas que contraíram o zika vírus – também aborda como a pandemia atinge mulheres, acentua vulnerabilidades e conta sobre a iniciativa criada por ela para dar “rosto e nomes” às vítimas do coronavírus.

Fonte: G1 DF

blogs

Vídeo

RECENTES