CIDADANIA HÍDRICA – SAULO AROUCHE

PARCERIA COM QUALIDADE TÉCNICA

*Saulo Arouche

Desde quando foi pensado em se trabalhar um comitê de bacia hidrográfica aqui no município de Santa Helena, que envolve outros 18 municípios, lá no dia 23 de março de 2017, identificamos o Fonasc como um dos atores desse processo, sendo o Fonasc, o Fórum Nacional da Sociedade Civil.

 No dia 28 de julho, quando o Fonasc esteve presente aqui no município para a primeira reunião, onde foram escolhidos os atores da sociedade civil, governo, usuários, a gente viu e percebeu com muita nitidez que o trabalho do Fonasc foi preponderante, fundamental para que fosse criado o pré-comitê da bacia hidrográfica, tendo em vista a imparcialidade e forma técnica e legal como o Fonasc trabalha.

 É muito prazeroso poder contar com pessoas que representam a sociedade civil. E nesse caminho que já viemos percorrendo de 1 ano o Fonasc tem se mostrado um parceiro fundamental na mobilização, na elaboração de documentos porque não é fácil você trabalhar com pessoas, não é fácil você trabalhar com administrações públicas. O Fonasc consegue azeitar os meios e trabalhar de forma pacífica. Só tenho a fazer elogios, em especial a pessoa da Thereza Christina e do João Clímaco que têm feito um trabalho formidável, não só aqui mas em outros lugares.

 Tenho certeza que desse trabalho, iniciado no dia 23 de março e no dia 28 de julho,vão ficar belíssimos frutos para essa nova geração e até para a atual geração, porque o trabalho que está sendo feito para o comitê de bacia hidrográfica dura aí para a atual e para as futuras gerações e estas futuras gerações vão colher frutos bem mais robustos do que a atual geração.

 Com isso, nós percebemos que quando se trabalha de forma imparcial, de forma técnica e moral as coisas acontecem, principalmente em um País e num Estado como nosso, porque quando a gente traz para nossa realidade de baixada maranhense a situação é mais séria até porque a política é um fator dominante, mas quando a gente traz a sociedade para ela ter o sentimento de pertencimento do processo, conseguimos ver que o negócio de fato começa a acontecer como é necessário para as pessoas. Agradeço o espaço de estar expondo nossos trabalhos e fico muito grato a todos, especialmente todos os 18 municípios e o pessoal do Fonasc que tem nos dado esse amparo técnico e legal. Nosso muito obrigado por este espaço.

*Saulo Arouche é Secretário de Meio Ambiente de Santa Helena – 

blogs

Vídeo

RECENTES