FONASC.CBH INFORMA – COORDENAÇÃO DO FAMA/DF SE DIVIDIU EM COMISSÕES DE TRABALHO

FONASC.DF  INFORMA – COORDENAÇÃO DO FAMA/DF SE DIVIDIU EM COMISSÕES DE TRABALHO
Informe das Comissões do FAMA (comunicação, mobilização e de infraestrutura e logística)
 Texto: Divulgação
Fotos: Divulgação

Data: 04/07/2017

As reuniões de trabalho das Comissões do Fórum Alternativo Mundial da Água acontecem todas as terças-feiras das 18h às 20h na Universidade de Brasília (UNB), no prédio SG12, onde funcionam Programa de Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos.

A Comissão de Mobilização pretende  fazer uso de uma ferramenta digita, com a finalidade de levantar informações básicas e opiniõe sdas entidades engajadas para mapeamento de bandeiras de luta da água e construção de uma agenda comum (compartilhada) de atividades. Segundo o prof. Perci (UNB), o grupo aproveitará um protótipo dessa estratégia no  próximo encontro, marcado para terça-feira, dia 11.


  A Comissão de Mobilização pretende  fazer uso de uma ferramenta digital, com a finalidade de levantar informações básicas e opiniões  das entidades engajadas para mapeamento de bandeiras de luta da água e construção de uma agenda comum (compartilhada) de atividades. Segundo o prof. Perci (UNB) o grupo aproveitara um prototipo dessa estratégia no  próximo encontro, terça-feira  (11/7).

1.    Reunião UnB/ANA
No dia 28 de junho de 2017 ocorreu reunião entre a UnB e a ANA aonde foram apresentadas e discutidas as principais demandas junto à Agência.
Representou o FAMA a Professora Cristina Brandão que foi designada pela Coordenação Local do DF a interlocutora da UnB e do FAMA junto à ANA.

2.    Reunião com o GDF
No dia 23 de junho p/ a Comissão de Infraestrutura e Logística se reuniu com o Subsecretário de Movimentos Sociais e Participação Popular do GDF, Acilino Ribeiro, e apresentou as principais demandas, que se encontram listadas a seguir:

SOLICITAÇÃO DE APOIO AO GDF PARA REALIZAÇÃO DO FÓRUM ALTERNATIVO MUNDIAL DA ÁGUA – DIAS 17 A 19 DE MARÇO DE 2018 em Brasília

1-    Pavilhão de exposições do Parque da Cidade, localizado dentro do Pq da Cidade, para servir como alojamento aos participantes do FAMA 2018 do movimento popular
2    Banheiros químicos para o acampamento/alojamento/evento, banheiros com duchas para atender 4 mil pessoas (nos alojamentos) e banheiros químicos para atender o evento na UNB – 5 mil pessoas
3    Infraestrutura de camping para acampamento/alojamento, seja no centro de exposição ou em outro local a ser definido e disponibilizado pelo GDF (piso, barracas, luz, energia, água, etc.)
4    Transporte – Ônibus, vans e outros, para transportar os participantes dos alojamentos, campings até a UNB. Para 4mil pessoas. Transporte pode ser circulante entre os locais.
5    Transporte (ônibus e vans) circular dentro da UNB, entre os 12 anfiteatros e o centro comunitário. Para aprox. 5 mil. Este transporte levará os participantes aos eventos descentralizados que estarão acontecendo nos doze anfiteatros no Campus da Universidade.
6    Alimentação para 3mil pessoas (café da manhã, almoço e jantar).
7    Água potável para atender todo o público (5mil) durante todos os dias do evento de 16 a 19 de março (considerando, um dia antes para montagem e um dia depois para desmontagem)
8    Sinalização (banners, faixas, sinalizadores) para identificar, localizar o evento dentro do Campus e na cidade desde o aeroporto
9    Apoio de tráfego próximo ao campus da UNB
10    Apoio logístico para a Marcha do FAMA no dia 19 de março de 2017
Foi marcada nova reunião com o GDF para retorno às demandas para o dia 06 de julho, mas remarcada para o dia 19 de julho às 14:30h.
Esta reunião contará com a participação dos Secretários de Transportes e Mobilidade; Esportes e Turismo, Administração Regional de Brasília; Presidente da ADASA e demais representantes da Comissão de Logística e Infraestrutura.

3.    Relato da visita da Silvana (Coordenação Nacional do FAMA) às instalações da UnB

Foi feita uma vistoria às instalações da UnB, aonde serão desenvolvidas as atividades do FAMA, com a participação da Silvana e do Prefeito do Campus, juntamente com a equipe da Prefeitura. Na oportunidade foram avaliadas questões como espaço físico nos anfiteatros do ICC, estrutura do Restaurante Comunitário – RU e demais. A Comissão deverá discutir com as empresas prestadoras de serviços às instalações da UnB para avaliar custos e conveniência de contar com os seus serviços.

A Comissão Comunicação tem a ideia de fazer um papo sobre comunicação para alinhar pontos com a coordenação Nacional com Hamilton, segundo Isis (Mindia Ninja) a proposta do grupo  é se  reunir   quinta (6/07) as 18 h, e já convia quem pode/ Por skype.                                                                                       Também ficou decidido nesta  reunião  a busca de apoio  com o GDF incluindo mais um item na  lista:  adicionar o banner eletrônico com o link do site do FAMA

Durante o período de julho/setembro

Divulgar informações sobre o FAMA/2018 e as contradições  do Fórum Mundial.

 Aspectos de abordagem: Que temas vamos ressaltar e apontar na produção dos materiais

- Crise  de Água no Cerrado

- Saneamento

-Contradições com o Fórum Mundial da Água

- Estratégias de Comunicações

-As ações de comunicação que vamos promover nos próximo 3 meses

- Produção de material sobre a questão da água no DF

-Mobilização das assessorias de comunicação das organizações que integram o FAMA

-Entrevista estratégicas sobre o tema

-Spots (áudios) para rádio comunitária, como whatsapp

-Produção de artigos de opinião

-Mobilidade de imprensa sobre atividades realizadas pelo FAMA

-Produção de vídeo curtos com a comunidade

-Produção de material gráfico( panfleto, folders, cartazes, camiseta,)

Todos estão convidados a participar das reuniões que ocorrem  as Terças – feira,  das 18 ás 20h na UNB (prédio SG12) onde funciona  o Programa de Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos.

#AGUA É DIREITO NÃO MERCADORIA#

blogs

Vídeo

RECENTES