FONASC.CBH APOIA E DIVULGA – PROJETO APRESENTA OS RESULTADOS SOBRE OS IMPACTOS AMBIENTAIS NA REGIÃO DO PANTANAL EM CONVENÇÃO NO URUGUAI

O Fonasc, através do coordenador nacional João Clímaco, deu apoio ao projeto que apresentou os resultados dos impactos ambientais na região do Pantanal, durante evento realizado na COP da Convenção Ramsar – Convenção para a Conservação de Áreas Úmidas de Interesse internacional que está acontecendo de 01 a 09 de junho no Uruguai. O trabalho é um projeto de extensão, coordenado pela UNEMAT – Dra Solange Ikeda, com participação da Dra. Luciana Ferraz e das Mestres Rafaela Nicola e Cláudia de Pinho e FONASC – CBH Pantanal (Sr. João Clímaco), com financiamento da IUCN Holanda, Both Ends e Wetlands International (Aliança Ecossistema). Ainda como parceiros neste evento a IUCN Brasil e a WWF Brasil.

O objetivo deste projeto foi informar, alertar, discutir e mobilizar os pescadores e as comunidades ribeirinhas do Pantanal sobre os impactos socioambientais da proliferação de hidrelétricas (154 projetos no total, sendo que 40% já estão em operação – já representando 70% do  potencial total de aproveitamento hidrelétrico, segundo a Empresa de Pesquisa Energética – EPE, da Bacia do Alto Paraguai (BAP), barrando e fragmentando a maioria dos principais rios formadores da planície de inundação pantaneira, uma das maiores áreas úmidas do mundo. As barragens da bacia do rio Cuiabá devem afetar diretamente o funcionamento hidroecológico de dois Sítios Ramsar do Pantanal Norte: Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense e RPPN SESC Pantanal, uma vez que o impacto em relação aos efeitos apenas da barragem de Manso já foi avaliado cientificamente, contudo há ainda mais 3 grandes barragens na bacia do rio Cuiabá (Itiquira, Correntes e São Lourenço).

O projeto foi apresentado no último dia 05, dia em que se celebra o Dia Mundual do Meio Ambiente, incluindo a mostra do vídeo: O DIA QUE O RIO SECOU fruto deste projeto com as comunidades.

De acordo com os pesquisadores e apoiadores do projeto, a ideia de apresentar o trabalho na COP de Ramsar é discutir esta problemática com os membros da COP de Ramsar e, assim, informar e debater com os participantes sobre qual seria o papel da Convenção em apoiar ações que efetivamente resultem na conservação do Pantanal e dos seus serviços ecossistêmicos e ambientais para a sociedade pantaneira, brasileira e internacional, já que o Gran Pantanal está localizado a montante de toda a Bacia do Prata,  o Sistema Paraguai-Paraná de Áreas Úmidas.

1 Comentário to “FONASC.CBH APOIA E DIVULGA – PROJETO APRESENTA OS RESULTADOS SOBRE OS IMPACTOS AMBIENTAIS NA REGIÃO DO PANTANAL EM CONVENÇÃO NO URUGUAI”

blogs

Vídeo

RECENTES