Navegando em todos os artigos ESPAÇO JUVENTUDE

COMITÊ INFANTO JUVENIL DO RIO JENIPARANA (CIJBHRJ) APRESENTA CARTA COMPROMISSO AO CANDIDATO A PREFEITO DE SÃO LUÍS EDUARDO BRAIDE

 

A gestora do Instituto Santa Luzia, Profa. Clenilde Castro, convidou o Comitê Infanto Juvenil do Rio Jeniparana (CIJBHRJ), através da presidente Ananda Regina Castro e os demais membros, além do FONASC.CBH, representado pela vice-coordenadora Thereza Christina, para uma reunião na última quinta feira (17), com o candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos) para discutir questões voltadas à juventude, meio ambiente e a preservação das águas na ilha de São Luís. O encontro ocorreu no Instituto Santa Luzia, no bairro da Cidade Olímpica.

Na ocasião, também estavam presentes professores, moradores da comunidade, pais de alunos, diretores e gestoras das escolas parceiras do CIJBHRJ, tais como: Aparecida Medeiros (Instituto Educacional N. Sra. Aparecida), Ozelina Silva Sousa (Instituto Maranhense Educandário Betesda), Neuza Ribeiro (Instituto Educacional Manaim) e Leal Gorita Pinheiro Dias (Instituto Educacional Assistencial Coroadinho) para debater propostas da educação e outras demandas relacionadas à dinâmica do município.

Logo no início da solenidade, a gestora Clenilde Castro apresentou a presidente do CIJBHRJ , Ananda Castro, que por sua vez convidou o candidato Eduardo Braide a assinar uma Carta Compromisso que estabelece “…a mobilização e a participação social para efetivar a gestão integrada, descentralizada, participativa e democrática das águas, estimulando o protagonismo juvenil e promovendo a formação e a capacitação de novas crianças e jovens”.

Ainda segundo a Carta, foram estipuladas as propostas assumidas pelo candidato, entre as mais importantes: formações técnicas de jovens gestores, ações em escolas, implementação de políticas municipais de saneamento básico e incentivar e apoiar mutirões e grupos de limpeza de rios e praias.

O candidato ressaltou seu compromisso com a juventude e com o Comitê. “Sobre a revitalização dos rios, a boa notícia é que nós temos recursos do Governo Federal para fazer a revitalização dos rios, o que está faltando são projetos. O que faremos é a elaboração de projetos ou então aproveitar projetos já existentes para que consigamos os recursos necessários para melhorar os nossos rios, mas do saneamento básico, pois quanto mais rede esgoto tiver em São Luís, menos problemas de poluição dos rios teremos”, enfatizou.

 

Diálogo com o FONASC.CBH

A vice-coordenadora do FONASC.CBH, Thereza Christina, em sua fala destacou a parceria com as escolas comunitárias, o apoio e compromisso da juventude com a causa ambiental. “Nós temos que dar voz a eles [a juventude], pois são eles que vão pensar São Luís, serão os futuros gestores.”, disse.  Em sua exposição, Thereza Christina explica o fato de que crianças expostas ao esgoto aprendem 18% menos, em função das faltas às aulas, por ficarem doentes.

Ela ainda ressaltou a intenção do FONASC.CBH em dialogar de forma mais próxima com o candidato a prefeito. “Nos colocamos a sua disposição e prontos para estarmos mais próximos e caminharmos juntos, boa sorte ao senhor, somos merecedores de um gestor com sua estatura e desejamos que tudo dê certo e que tenhamos um gestor que possamos trabalhar juntos”, afirma.

Por sua vez, Braide parabenizou os trabalhos do FONASC.CBH e contou sobre os desafios vividos na Câmara dos Deputados sendo relator do projeto “Cidades Inteligentes”, aproveitando as melhores ideias de gestão de outros estados sustentada em três pilares: humanização, acessibilidade e sustentabilidade. “A cidade que não é sustentável. Não é inteligente e a sustentabilidade passa exatamente da gente ter equilíbrio entre desenvolvimento econômico da cidade e respeito ao meio ambiente. E é essa a tarefa e missão que teremos em São Luís”, explicou.

 

Novo Marco do Saneamento

Durante o diálogo, Braide foi perguntado sobre o Novo Marco Legal do Saneamento Básico. A legislação sancionada pelo Presidente Jair Bolsonaro em 15 de julho, tem como objetivo gerar competitividade e sustentabilidade, atraindo investimentos para universalizar e qualificar prestação de serviços.

A meta de universalização do Governo Federal vai até 2033. A legislação também garante a revitalização das bacias hidrográficas, conservação do meio ambiente e preservação da água, consequentemente, a qualidade nos serviços prestados e mais saúde para a população, gerando empregos e aumento da economia.

“A questão do Novo Marco permitiu e vai permitir a partir do ano que vem que empresas privadas possam investir no saneamento básico. Qual o cuidado que eu tive? Essa foi uma votação feita em diversas etapas, então teve a votação que autorizou o Marco e outra que permitia que a conta de água e esgoto aumentasse muito, essa parte eu votei contra, pois não adianta melhorar a qualidade de água e elevar o preço. É preciso ter um equilíbrio. Mas o Novo Marco em si é bom, vai trazer a perspectiva de que se um lado tem a Caema trabalhando, de outro tem empresas trabalhando, isso vai fazer com que nossa rede de abastecimento de água possa acontecer mais rápida, pois a cada obra é mais vaga de trabalho.”, respondeu o candidato.

Confira a íntegra da carta compromisso clicando aqui.

“PROJETO JUVENTUDE PELA COMUNIDADE REALIZA PRIMEIRA OFICINA E TEM RODA DE CONVERSA COM A VICE COORDENADORA DO FONASC.CBH, THEREZA CHRISTINA”

 

 

Hugo Cruvel (Coordenador do Coletivo Comunidade Ativa), João Lucas e Pedro Henrique (Representantes do Comitê Infanto Juvenil do Rio Jeniparana) estão integrados em projeto que se chama Juventude pela Comunidade. Este projeto é uma iniciativa de jovens integrados em projetos do Fonasc.CBH em ajudar pessoas necessitadas neste período de pandemia.

O principal objetivo deste movimento é angariar recursos e buscar parcerias para distribuição de cestas básicas. Além disso, o projeto também está arrecadando materiais para realização de oficinas de capacitação na produção de sabão em barra e em pó, que podem ser feitos a partir de resíduos sólidos.

Neste sábado, 25, aconteceu a primeira Oficina do Projeto Juventude pela Comunidade (JuPeCom). A Oficina foi realizada no Batalhão da Polícia Ambiental, localizado no bairro do Coroadinho.

Durante a programação, a Vice Coordenadora do Fonasc.CBH, Thereza Christina, conversou com os jovens presentes. Logo depois, a Coordenadora do Coletivo Cultural Arte é Vida, Produtora Cultural e Artesã Cleidiomar Melo Cardoso ministrou a oficina de sabão.

O encerramento do evento foi destinado a entrega de cestas a comunidade da Vila do Frades.

Os organizadores deste projeto desejam continuar com as oficinas nas comunidades em que moram e nas atividades em que atuam.

A vice coordenadora do Fonasc.CBH, Thereza Christina, agradece a todos os que estão envolvidos em ajudar e também a pessoa da Comandante do Batalhão Florestal, a Coronel Edilene Soares da Silva.

O Fonasc.CBH está potencializando a construção de novas parcerias e aquela boa sensação quando recebemos apoio e nos depositam votos de confiança. Nossos agradecimentos a todos que confiam, apoiam e prestigiam o nosso trabalho.

FONAS.CBH – A IMPORTÂNCIA DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE PARA O FONASC.CBH, VEJA O VÍDEO

O Fórum Nacional da Sociedade Civil nos Comitês de Bacias Hidrográficas (Fonasc CBH) é uma entidade que busca está integrada em projetos com a parceria da juventude. Em 2011, o Fonasc juntamente com oito escolas da rede comunitária dos municípios de São Luís e São José de Ribamar: Escola Casulo, Escola Irmã Maria do Socorro, Instituto Educacional e Assistencial Nossa Senhora Aparecida (IENSA), Instituto Educacional e Social Shalom, Instituto Educacional Maanaim, Instituto Maranhense Educandário Betesda, Instituto Santa Luzia e Instituto Socio Assistencial Educando, uniram forças e acreditaram no projeto do COMITÊ INFANTO JUVENIL DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO JENIPARANA (CIJBHRJ), dando a oportunidades de as crianças e jovens criarem valores e princípios éticos e morais.

O Comitê é um projeto de capacitação, mobilização social e educação ambiental em recursos hídricos, cuja iniciativa visa engajar a juventude no andamento das políticas públicas no Maranhão, em especial na política estadual de recursos hídricos, de meio ambiente e educação ambiental. O Comitê é o primeiro projeto para pré-adolescentes (9 a 13 anos) instituído no Brasil, sendo o pioneiro no Maranhão e foi inspirado no modelo existente no município de Maracanaú no Ceará. O Comitê busca desenvolver um amplo processo educativo, tendo a bacia hidrográfica do Rio Jeniparana como recorte territorial e temático.

João Lucas é Representante do Comitê Infanto Juvenil da Bacia do Rio Jeniparana e participa deste projeto há 9 anos. Ele também dá voz a este projeto no contexto do Coletivo Jovem de Meio Ambiente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente. No vídeo abaixo, ele fala sobre a importância do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Assista ao vídeo:  JOÃO LUCAS 30 ANOS ECA

A Lei de nº 8.069 que foi assinada em 1990 e estabeleceu direitos e deveres para meninos e meninas com menos de 18 anos, hoje, segunda-feira,13, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 30 anos.

E para celebrar esta data, o Estatuto organizou um festival que ocorre hoje e amanhã, que será transmitido pela plataforma digital, o Youtube.

O evento, Congresso Digital: 30 anos do ECA, traz em sua programação a participação de personalidade dos órgãos dos três poderes (Executivo, Judiciário e Legislativo), assim também como entidades interligadas ao tema e convidados que representam a sociedade civil.

Durante o congresso digital, os convidados vão avaliar a aplicação dos artigos do ECA na efetiva proteção de crianças e adolescentes e discutir sobre os novos desafios enfrentados para reduzir violações de seus direitos, especialmente em momentos como o que vivenciamos, a pandemia do Covid-19.

Programação

Nestes dois dias de congresso, serão realizadas cinco mesas e doze painéis temáticos simultâneos, que abordaram assuntos de várias especificidades do cuidado integral de crianças e adolescentes.

Um dos painéis, debate os dilemas dos pais em tempos de isolamento social, a exemplo de visitas de crianças e adolescentes filhos de pais com guarda compartilhada ou unilateral, os desafios que a suspensão das aulas trouxe às famílias, além de ações positivas que possam contribuir para minimizar esses impactos.

Questões relacionas ao direito à saúde e à educação, aos conselhos tutelares, ao sistema socioeducativo, à convivência familiar e comunitária, aos serviços de acolhimento e à adoção de crianças e adolescentes também estão contempladas na programação.

E para encerrar as atividades, foi preparada uma solenidade especial em homenagem a diversos especialistas, estudiosos e parlamentares que se dedicaram à construção do ECA.

Fonte: Conselho Nacional de Justiça

FONAS.CBH – INFORMATIVO #133 – ESPAÇO JUVENTUDE

“PROJETO JUPECOM RECEBE CESTAS BÁSICAS QUE SERÃO DESTINADAS A FAMÍLIAS CARENTES DA CIDADE OLÍMPICA E DO COROADINHO”

Hugo Cruvel (Coordenador do Coletivo Comunidade Ativa), João Lucas e Pedro Henrique (Representantes do Comitê Infanto Juvenil do Rio Jeniparana) estão integrados em projeto que se chama Juventudes pela Comunidade, no qual o principal objetivo é angariar recursos e buscar parcerias para distribuição de cestas básicas.

O Projeto Juventude Pela Comunidade (JuPeCom), visa dois grandes objetivos: conscientizar a população da região quanto á forma de prevenção do COVID-19 e também quanto a preservação dos nossos rios. Além disso, tem o propósito de manifestar a solidariedade para com essa população mais vulnerável, fazendo uma campanha para arrecadar cestas básicas e kits de higiene.

No último dia 18, foi realizada a Live Solidária do “Arraiá Estilos” promovida pelo Programa Estilos TV, com a apresentação da Jornalista Jacieny Dias e do Blogueiro Sérgio Carvalho. Durante a transmissão da live, vários cantores maranhenses se fizeram presente como Cecília Leite, Michel Mesquita, Marco Dualibe, Rosa Reis, Mano Borges. Além das vozes marcantes de Betto Pereira, Roberto Brandão (Companhia Barrica), Alexandra Nícolas, e dos sanfoneiros Fábio Carneirinho (CE) e Léo Xenhenhem (PI).

A live solidária conseguiu arrecadar mais de uma tonelada de alimento, onde cerca de 300 quilos foram entregues à Thereza Christina, Vice Coordenadora do Fonasc.CBH. O Fonasc.CBH, por sua vez, vai destinar as cestas básicas ao Projeto JuPeCom.

As cestas básicas serão destinadas a ajudar famílias carentes das regiões do Residencial Nestor (Cidade Olímpica) e Vila Primavera (Coroadinho), que estão inseridas nas Bacias Hidrográficas do Rio Jeniparana e do Rio Bacanga.


Além disso, o projeto também está arrecadando materiais para a realização de oficinas de capacitação na produção de sabão em barra e em pó com objetos que podem ser reutilizáveis, como as garrafas pets e embalagens Tetra Pack. Durante as oficinas, a 1ª será neste sábado, 18/07, que abordará em seu conteúdo questões como sustentabilidade, os pressupostos da Carta da Terra – é um documento que traz princípios para que se tenha uma sociedade global pacífica, justa, sustentável. A CARTA propõe uma mudança de hábitos para alcançar um futuro melhor para todos os cidadãos do planeta – e sua interface com o cuidar das aguas de nossos rios.

A jornalista Jacieny Dias da Revista Estilos, ressaltou que o projeto JuPeCom, que é comandado por jovens é muito importante para influenciar outros jovens de maneira positiva, neste momento tão difícil.

A vice coordenadora do Fonasc.CBH, Thereza Christina, agradece ao Programa Estilos TV e a Revista Estilos, e todos aqueles que estiveram envolvidos nesta live solidária.

O Fonasc.CBH está potencializando a construção de novas parcerias e aquela boa sensação quando recebemos apoio e nos depositam votos de confiança. Nossos agradecimentos a todos que confiam , apoiam e prestigiam o nosso trabalho.


Veja o vídeo de agradecimento

 

Categorias

blogs

Vídeo

RECENTES